19 de junho de 2014

Hipertensão


Como eu já disse em postagens anteriores, comecei a perceber na Jaque uma alteração na Pressão Arterial dela. A primeira vez que me foi relatado isso foi durante a internação na UTI quando operou da coluna. O médico achou estranho o padrão de P.A dela, onde a mínima se mostrava alta e mesmo com o quadro pós-operatório que é normal a pressão ficar alta pelo quadro de dor, estava muito esquisita, e disse que o remédio de convulsão poderia alterar.

Mas nunca houve quaisquer sintoma. Então a partir do ano passado, a equipe de Endocrinologia pediu que sempre fosse aferida a pressão dela. O que mostrou elevação. Pediu que eu acompanhasse e anotasse, e continuaram mostrando-se altas. 

Ela há algum tempo atrás fazia acompanhamento com a Nefrologista, e teve alta. Eles fizeram exames da parte urinária inteira, o que é comum investigar e sempre ter controle devido a Síndrome. A alta se deu porque a alteração em um dos rins não acarretaria problemas em seu funcionamento e nunca teve problemas relacionados.

Então estamos aguardando a consulta com O Nefro para o qual ela foi encaminhada a fim de investigar a causa. Só que a consulta foi remarcada do mês de julho para outubro. Perguntei então por telefone o que fazer. Me orientaram esperar a consulta do Endocrinologista que acontece antes, e com alguns exames prontos ter uma base pra adiantar a conduta.

Se bem que só com exames de rim, bexiga, coração, etc poderemos saber a causa.
Não ficamos desesperados porque ela está bem, e percebemos que como ela é ansiosa isso eleva um pouco a pressão, e como toma remédios controlados pode ser que afetem, e agora mais ainda com o estrogênio. Em casa, comigo a pressão se mostra menor, mas na agitação da rotina de escola e médico é claro que eleva. O aparelho nunca dá um número exato, então me baseio pelo batimento cardíaco e sei mais ou menos se está certo ou não. Ela é boazinha, deixa medir numa boa e não me dá trabalho. Até para tomar remédios ela é consciente. 

Até a próxima!

Adriana



Nenhum comentário:

Postar um comentário