16 de junho de 2015

Consulta com a Endocrinologista e Nutricionista

Fiquei muito feliz com a consulta da Jaque.


Peguei uma pediatra muito boa no setor de Endocrinologia, aliás boa não: Maravilhosa!

Fiquei mais de 1 hora com ela no consultório. Ela me perguntou tudo! Averiguou todos os exames que ela já fez. Falamos sobre o hormônio não ter feito bem, a perda de peso, e a evolução dela com a introdução da dieta calórica e suplementação pra ganho de peso.

Todos os exames da parte endócrina vieram normais ou dentro dos resultados que se espera pra uma paciente Turner. A única coisa que veio alterado foram as enzimas do fígado e do pâncreas.

A conduta deles é esperar e ver se essas enzimas estão alteradas porque ela tomou o hormônio (porque os remédios que ela toma de pressão e convulsão não alterariam), e se normalizarem ou abaixarem, vão futuramente entrar novamente com o hormônio estrogênio (dessa vez em adesivo que não dá contraindicação à ela). O que me explicaram é que ela por não produzir hormônios precisa do estrogênio por causa da massa óssea, é como se ela fosse uma mulher na menopausa, e todas as meninas com Síndrome de Turner tem tendência a ter Osteoporose. Além de essas enzimas serem alteradas mesmo devido a Turner.

Na parte Nutricional, passamos com a Nutricionista e ela ganhou 1,600 em 40 dias. Aumentou 1cm de braço e ganhou 1% de gordura. Antes a gente pegava e era pele só, agora tem gordurinha. Agora é manter a dieta, a suplementação, e ir passando com a nutricionista e em outubro um nutrólogo quando a ver estará bem melhor. Ajustamos novamente, porque eu fui vendo o que dava flatulência ou não. E mantendo sempre o leite 3x dia com um carboidrato, as refeições conforme estou dando, ela vai continuar progredindo.

Em relação ao afastamento da escola esse deve ser mantido porque é só 1 mês que ela evoluiu, e pode regredir. O ideal é esperar até a consulta com o Nutrólogo em Outubro e ele vai avaliar a condição clínica, vai estar melhor e ganhado mais peso, pra fazer a carta dessa condição pra frequentar essas aulas. Enquanto isso ir cuidando e passando ela com os médicos.

Só de ver ela alegre, sem aquele aspecto de doente, e todos os ossinhos sendo cobertos, já vale a pena! Tá uma correria, dá uma canseira danada, mas graças a Deus tudo vai dando certo. São muitas lutas, porque financeiramente tá apertado, mas nunca falta nada pra ela. Isso que importa. Eu e meu marido nos esforçamos muito, eu cuidando dela e ele trabalhando muito. Ela estando feliz e bem cuidada e alimentada e recebendo amor, isso é tudo!

Do jeito que ela estava, sinceramente fiquei com muito medo. Ela poderia regredir muito e ser irreversível.
Corri em vários lugares procurando ajuda. Não tive resposta ou não consegui. Mas tive resposta de pessoas que simplesmente fizeram.

O retorno será em 6 meses e só pediu exames de sangue:  Eletrólitos (Cálcio, Fósforo, Ca Iônico), Função hepática e pancreática ( Amilase, Fosfatase Alcalina, Gama GT, TGO e TGP),  Função Renal ( Creatinina, Uréia), Lípides (Colesterol total, HDL, LDL, VLDL e Triglicérides), Tiróide (TSH e T4l), Metabolismo Ósseo (PTH e 25 Vitamina D), Gônadas ( LH e FSH) Outros testes (Glicose)


Até a próxima postagem!

Adriana Silva