6 de abril de 2016

Evolução

Desde o dia 4 de abril percebi a Jaqueline bem melhor. Voltou a bagunçar, comendo um pouco melhor. As refeições salgadas ainda estão em porção bem menores do que o habitual, há dias que come mais outros menos. Teve um dia que ela chegou a pedir comida antes do intervalo de 3 horas, então dei, temos que recuperar o tempo perdido.
No Domingo dia 3 ela ainda chegou a vomitar à noite devido a crise de tosse, mas foi a última.  

Acredito que o antibiótico dá essa impressão de recuperação do dia pra noite. Foram receitadas três medicações com essa, e ela acabou só tomando essa, as outras ela colocava tudo pra fora e não resolvia nada. Como eu não queria que ela vomitasse mais pra não debilitar nem perder peso, fui observando. Melhorou do mesmo jeito só comum
Então, a médica havia me dito que no domingo de manhã ela deveria estar melhor. E estava. É claro um pouco abatida, com olheiras de todos os dias que esteve doentinha, mas sem comparação.

Todos esses dias a pressão mais baixa ainda do que já é, controlada com medicação, então observei porque a médica dela me alertou caso ficasse muito baixa eu suspendesse naquele dia, e se persistisse por mais dias a procurasse porque a pressão muito baixa pode acarretar desmaios e  desidratação. Mas ficou numa média de 8x5 a média dela é de 9x6. Com esse calor que anda fazendo todo cuidado é pouco. Mas como disse a cardiologista quanto mais baixa a  pressão melhor. A mínima só não pode ficar menos do que 5, e a máxima menos do que 8.

Agora é se recuperar ainda mais porque na sexta um exame a aguarda. 

Até a próxima postagem!

Adriana Silva





Nenhum comentário:

Postar um comentário