2 de agosto de 2016

Potássio elevado no sangue - Hipercalemia

Alimentação para baixar o potássio no sangue

A dieta para hipercalemia tem o objetivo de baixar os níveis de potássio no sangue, que costumam estar elevados principalmente devido à diabetes, transplante de órgãos ou por causa de problemas nos rins, nas glândulas adrenais ou no coração.
O níveis elevados de potássio podem causar palpitações cardíacas, náuseas, vômitos e infarto, devendo ser tratado com alterações na alimentação e, quando necessário, com o uso de medicamentos.

Alimentos ricos em potássio

Praticamente todos os alimentos contêm potássio, sendo importante diminuir o consumo das suas principais fontes, como feijão, batata e banana. Veja na imagem a seguir os alimentos ricos neste mineral:



Na dieta para controlar este mineral, a recomendação é consumir de 1000 a 2000 mg de potássio por dia. Em uma dieta normal, cerca de 150 g de carne e 2 copos de leite ou iogurte já têm quase 1000 mg do mineral. 

Dicas para diminuir o potássio

 

Para diminuir o teor de potássio dos legumes deve-se descascar e cortar os vegetais em cubos antes de cozinhar, deixando-os de molho em água durante 2 horas e colocando bastante água durante o cozimento.
Além disso, deve-se trocar a água quando os legumes estiverem meio cozidos e não utilizá-la no final, pois ela terá mais da metade do potássio que havia nos alimentos.
Outras dicas que devem ser seguidas são:
  • Evitar o uso de sal light ou diet, chá mate e chá preto;
  • Evitar o consumo de alimentos integrais;
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Comer apenas 2 porções de frutas por dia, de preferência cozidas;
  • Evitar cozinhar os legumes em panela de pressão, no vapor ou no micro-ondas.
Também é importante lembrar que pacientes que urinam normalmente também devem ingerir pelo menos 1,5 litros de água para ajudar os rins a eliminarem o excesso de potássio.






Nenhum comentário:

Postar um comentário