7 de setembro de 2016

Mais um ano de vida!

No dia 11 de setembro de 1999 nascia a Jaqueline. Eu não sabia sequer ser mãe, quem dirá passar por tantos inesperados, pela sensação de impotência e medo. Tive que aprender a ser mãe. Ser a mãe da Jaqueline, não apenas aquela que teriam muitos desafios a enfrentar, mas sim aquela que tinha muito amor para dar e receber de nós.
O que fiz diante de tantas coisas? Segui o meu instinto, errei, aprendi, e o mais importante me deixei guiar por Deus e pelo amor. Ouvi atentamente pessoas, segui condutas, me apoiei não apenas em um, dois ou vários diagnósticos. Me apoiei em ver a minha filha como uma pessoa, como a pessoa que amo. O amor, a fé, o respeito e a perseverança são tudo!

Gostaria de agradecer a oportunidade de ser a sua mãe, e de ver você bem e feliz. A cada novo desafio que aparece eu procuro ao máximo (mesmo falhando) ser uma mãe à sua altura. Para mim ter você é um presente todos os dias. Ter o seu sorriso, a sua gratidão, carinho e amor não tem preço. 

Então, nesse dia 11 muitas bexigas para a Jaqueline. Que completa 17 anos de idade, que para mim é pequena na estatura mas grandiosa na força e na alegria de viver!

Adriana Silva


Nenhum comentário:

Postar um comentário